A magia da gravura japonesa

Caixa Cultural apresenta Ukiyoe – a magia da gravura japonesa

A exposição reúne gravuras, livros e máscaras japonesas dos séculos XVII e XIX


Gravura feita por Ichiryusai Hiroshige. Foto: Raquel Silva

A Caixa Cultural Fortaleza recebe a partir do dia 8 de janeiro a exposição Ukiyoe – a magia da gravura japonesa, que reúne gravuras realizadas no Japão entre os séculos XVII e XIX, além de livros e máscaras. As obras pertencem a um dos mais importantes acervos de arte no Brasil, a coleção João Maurício de Araújo Pinho, do Rio de Janeiro.

As gravuras Ukiyoe retratam, em sua maioria, o estilo de vida dos japoneses no período EDO (1603 a 1668), no qual o país foi governado pelos xoguns da família Tokugawa. Nesta época, pela primeira vez, a população urbana japonesa teve oportunidade de se interessar pela cultura, moda e divertimento. Este estilo de vida foi denominado ukiyo (mundo flutuante), do qual faziam parte poesia, música, gueixas, os teatros kabuki e bunkaro e as prostitutas Oiran. Os registros em xilogravura dessa vida hedonista foram chamados de ukiyo-e (retratos de um mundo flutuante). As gravuras representam também cidades, províncias, o Monte Fuji, animais, flores, pássaros e heróis.

Segundo a curadora Anna Paola Baptista, a exposição Ukiyoe – a magia da gravura japonesa é um cartão de visita para a cultura tradicional japonesa: “A mostra nos apresenta as paisagens e as gentes do Japão, bem como lança luz sobre aspectos de sua cultura e costumes tais como a dança, o teatro e a religião. Será possível constatar também a grande influência que a gravura japonesa exerceu sobre importantes nomes da arte europeia, como Edgar Degas, Édouard Manet, Claude Monet, Vicent Van Gogh e Henri de Toulouse-Lautrec”, declara.

Incentivo à cultura:

A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Fortaleza oferece, desde 2012, uma programação diversificada, com opções gratuitas ou a preços populares, estimulando a inclusão e a cidadania. O espaço, situado em um prédio histórico na Praia de Iracema, conta com um cine-teatro com 181 lugares, três amplas galerias de arte, sala de ensaios, salas para oficinas de arte-educação, foyer, café cultural e livraria, além de um agradável jardim e espaços para convivência e realização de eventos.


Serviço:

Exposição: Ukioye – A magia da gravura japonesa

Local: CAIXA Cultural Fortaleza – Galeria Multiuso

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Abertura: 08 de janeiro de 2019

Visitação: de 09 de janeiro a 10 de março de 2019

Horário: terça-feira a sábado, das 10h às 20h | domingo, das 12h às 19h

Classificação indicativa: Livre

Entrada gratuita

Paraciclo disponível no pátio interno

Um comentário sobre “A magia da gravura japonesa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s