Dicas para economizar combustível

Devido ao funcionamento da cadeia de produção de combustíveis, que inclui mudanças constantes no preço do petróleo nas refinarias, distribuidoras e postos de gasolina, é comum que uma das grandes preocupações do consumidor brasileiro seja o gasto com o abastecimento dos veículos, que compõe uma larga fatia das despesas mensais de quem utiliza um carro próprio para a locomoção diária.

No entanto, ainda que não seja possível prever ou controlar os custos repassados aos postos, dicas simples podem ajudar o consumidor a diminuir o gasto com o combustível. Segundo o vice-presidente do Sindipostos Ceará, Paulo Sérgio Vasconcelos, uma boa revisão é o primeiro passo para quem quer gastar menos na hora de abastecer.

“Ignorar as revisões periódicas pode trazer, além de perigo à direção, problemas para o bolso, visto que pequenos problemas podem virar grandes dores de cabeça. É ideal manter a data da revisão sempre à mão, junto ao documento do carro, em uma agenda ou no calendário do celular”, aconselha Paulo.

A checagem de pneus é outro ponto essencial, pois a ausência da calibragem correta pode influir no consumo do combustível, além de gastar mais rapidamente os pneus, trazendo maior ônus para o cliente. Outra peça que pode virar vilã na hora do abastecimento é o ar-condicionado, que deve ser usado com moderação. Ao andar em velocidades inferiores a 100km/h, o ideal é utilizar os vidros abertos – mas se o calor bater, é só estar sempre atento aos filtros de ar, que, quando sujos, podem influenciar no consumo da gasolina.

Uma dica simples, mas importante, é pesar a necessidade do uso do carro a todo o tempo. Quando possível, busque alternativas, como caronas com amigos e familiares, transporte público, ir a pé a padaria ou andar de bicicleta até o parque. “O carro é um dos instrumentos mais importantes para a maioria das pessoas, mas é essencial que busquemos outras formas de locomoção não só pelo bolso, mas pela saúde e pelo meio ambiente”, completa Paulo Sérgio.

Por fim, é mais do que necessário verificar a procedência dos postos de combustíveis em que se abastece e dar preferência a postos de confiança, para evitar imprevistos com combustíveis adulterados que só gerarão problemas. No Ceará, os 550 postos associados ao Sindipostos possuem garantias da entidade, além de receber treinamentos em relação a atendimento e abastecimento para evitar transtornos. “Por isso, nosso padrão para associados é alto e buscamos sempre orientar nossos clientes a respeito das normas vigentes”, explica Paulo Sérgio.

Em casos de possíveis abusos de preços em postos de combustíveis, o sindicato recomenda contato com a ouvidoria através do e-mail sindipostos@sindipostos-ce.com.br, canal aberto para dúvidas e esclarecimentos do consumidor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s