SPC Brasil lança APP gratuito de consulta do CPF

Por meio de um smarthphone, o usuário terá Informações detalhadas sobre o débito e poderá acompanhar e avaliar a sua situação financeira

Agora está mais fácil para o consumidor saber se o seu CPF está inscrito na base de inadimplentes do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). A entidade lançou o aplicativo SPC Consumidor, que permite ao usuário consultar gratuitamente o seu CPF e descobrir se existe alguma pendência financeira.

Segundo a gerente de Negócios e Relacionamentos da CDL de Fortaleza, Isabel Martins, a ferramenta está disponível para download tanto no Android como no IOS,apresenta informações detalhadas sobre o débito e vem para auxiliar o consumidor a ter um consumo consciente.

“Ele vai poder consultar o CPF diretamente do seu celular na hora que precisar. Se tiver alguma pendência no nome, para facilitar a negociação, o app vai apresentar o nome da empresa. Além disso, o usuário vai ter dicas e orientações para o seu bem estar financeiro”, explica.

De acordo com o SPC Brasil, a segurança das informações é garantida com o preenchimento de um cadastro prévio no aplicativo a partir do qual o consumidor receberá um código de ativação por meio de SMS ou e-mail. Com os dados em mãos, o consumidor poderá fazer o pagamento ou propor renegociação direta com a empresa.

Em nota, o superintendente de inovação do SPC Brasil, Magno Lima, disse que a medida tem potencial para alcançar milhões de brasileiros, tendo em vista que há mais de 240 milhões de aparelhos de smartphone no país, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ao longo deste ano, a entidade pretende adicionar novas funcionalidades ao app SPC, como o serviço de negociação de dívidas via aplicativo.

Indicadores

A quantidade de brasileiros negativados no mês fevereiro fechou com aproximadamente 62,01 milhões, o que representa 40,1% da população acima dos 18 anos. No Nordeste, há 16,27 milhões de inadimplentes ou 39,8% da população adulta. Dados apurados pelo Indicador de Inadimplência, da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), apontam que mesmo com o crescimento da ordem de 1,78% do número de consumidores negativados na comparação anual, o avanço foi o menor registrado desde dezembro de 2017.

Quanto ao número de dívidas, houve queda de 1,01% em relação a fevereiro de 2018. Contudo, assim como registrado nos Indicadores de janeiro deste ano, o volume de pendências continua crescendo em dois setores específicos: o de bancos, com avanço de 2,04%; e o de água e luz, com aumento de 11,38%. Em contrapartida, comércio e comunicação registraram quedas de 6,91% e 9,57%, respectivamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s