Maio Amarelo

Brasil tem 600 mil vítimas do trânsito com sequelas permanentes por ano


Os acidentes no trânsito resultam em custos anuais de R$ 52 bilhões ao Brasil. A ONU decretou que a última década (até 2020) seria a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”.

O mês de maio é dedicado ao Movimento Maio Amarelo que tem como proposta chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo mundo. O objetivo é colocar em pauta a segurança viária. A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia do Ceará adere e promove a causa já que essas especialidades são imediatamente acionadas após os acidentes de trânsito, além de realizarem o tratamento eletivo de outras sequelas.

“A SBOT-CE, em sintonia com a campanha nacional, está empenhada em reduzir o número de acidentes nas rodovias do País e salvar vidas. Para isso, trabalhamos em conjunto com os órgãos federais e estaduais competentes pelo trânsito. Os ortopedistas e traumatologistas têm papel fundamental no atendimento às vítimas de acidente de trânsito, uma vez que normalmente se tem grandes sequelas e muitas fraturas expostas nesses casos”, explica Dr Atualpa Pinheiro, presidente da SBOT-CE.

Segundo um levantamento inédito do Ministério da Saúde divulgado em setembro de 2018, em seis anos houve uma redução de 27,4% dos óbitos nas capitais do Brasil. Apesar da redução, o país segue longe da meta estabelecida pela ONU, que prevê redução de 50% no número de vítimas em 10 anos, contados a partir de 2011.

Além disso, foram registradas 37.345 mortes de trânsito em 2016, dado mais recente do Ministério da Saúde. A meta do país, em 2020, é não ultrapassar o número de 19 mil vítimas fatais por ano.


O impacto dos acidentes de trânsito no Brasil

Além das mortes, 600 mil pessoas ficam com sequelas permanentes todos os anos em decorrência de acidentes de trânsito.

No Brasil, mais de 60% dos leitos hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS) são ocupados por vítimas por acidente de trânsito. Nos centros cirúrgicos do país, 50% da ocupação também são por vítimas de acidentes rodoviários.

Segundo o Observatório de Segurança Viária, os acidentes no trânsito resultam em custos anuais de R$ 52 bilhões.


SBOT atuante na conscientização para um trânsito seguro

A participação da SBOT em ações para conscientização para um trânsito seguro faz parte da sua missão. Afinal, são os ortopedistas que acompanham desde o primeiro atendimento nos prontos-socorros até a recuperação dessas vítimas, que poderão carregar sequelas para o resto da vida.

Em 2017, mais de 180 mil pessoas foram internadas nos hospitais brasileiros, vítimas de acidentes de trânsito. O custo dessas internações foi de R$260 milhões, uma conta que é paga por todos os brasileiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s