SIL COMEMORA   20 ANOS DA MARCA AUTORAL NO FUÁ 

Há 20 anos, a estilista Silvania de Deus lançou sua marca autoral em desfile na primeira edição do Dragão Fashion Brasil. Para celebrar, o Ateliê da Sil apresentou a coleção Imersa no DFB Festival 2019. O desfile deu início às comemorações, que seguem com uma edição especial do Fuá da SilNeste sábado (01/06), amigos, clientes e visitantes da Praia de Iracema poderão conhecer a nova coleção, desfrutando de show com Lorena Nunes das delícias da chef Rosele Tejada, do Ventana.  

 

Desde 1999, na Praia de Iracema em Fortaleza, o Ateliê da Silé o lugar de trabalho da estilista Silvania de Deus, onde a criadora elabora e produz suas invenções, junto à equipe. Lá, cada roupa que se apresenta, passou pelas mãos cuidadosas da própria Sil, que coordena todo o processoResumindo, a criação no Ateliê da Sil é “um modo de nos sentirmos mais bonitos. Um modo de sentir no corpo, feito roupa”, diz. 

 

O Fuá da Sil começou em 2014, quando a estilista “apostou em movimentar e reunir a rede afetiva formada em torno do seu ambiente criativo e da própria vida, reunindo amigos e conhecidos destes ao promover encontros com outros criadores e apreciadores das artes”, relembra Silvania, carinhosamente conhecida como Sil. Nesses sábados, a rua vira ponto de convergência, em clima festivo. 

 

Além de abrir as portas do ateliê para apresentar os lançamentos, o Fuá da Sil congrega desde a sua origem o trabalho de criadores cearenses no universo das artes, música e gastronomia. A Rua dos Tabajaras se transforma, então, em palco dessas manifestações artísticas e do encontro entre clientes, amigos, visitantes e moradores da Praia de Iracema. 

 

Sobre a nova coleção – Sugere estar conceitual e vividamente IMERSA na imensidão de fabulações criativas, em “um mergulho na parte mais profunda de mim”, revela Silvania, que narra duas décadas de lançamento da sua marca autoral renovando criações inspiradas nos “ciclos” femininos e com detalhamentos inéditos ao contar as histórias de cada roupa. 

 

Mas por que a inspiração são os Ciclos? Silvania responde com propriedade criadora: “a vida feminina é marcada por ciclos; e esse desfile é para nós, mulheres. Convido todas a celebrarem comigo”, reitera. Nesse festejo, Sil exibe na coleção IMERSAuma mulher atual, sempre conectada, convidando-a a se despir da opressão e se vestir de autoestima. Essa benquerença é a maneira hábil, forte e ao mesmo tempo delicada com que ela sempre trabalhou o conceito de roupa viva, “que entende o corpo feminino”. A estilista referencia ainda que, como ela própria, “essa mulher imersa é intensa, livre, preta, intrigante, independente, inventiva, humana”!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s