Sindipostos lista dicas para quem vai viajar de carro nas férias

Sindipostos lista dicas para quem vai viajar de carro nas férias

Com a chegada das férias escolares, o mês de julho se torna uma boa opção para viagens em família, sejam elas para distâncias mais longas ou mais curtas, em casas de praia ou na serra. Porém, quem vai pegar a estrada precisa tomar uma série de cuidados antes da viagem para garantir um passeio seguro e tranquilo – além, é claro, de gastos desnecessários que farão falta ao bolso do consumidor e podem ser evitados. Para auxiliar os motoristas nessa tarefa, o Sindipostos Ceará elencou cinco dicas simples de manutenção que devem ser levadas em conta antes de viajar. Confira:

1. Troca de óleo

A qualidade e estado do óleo do carro tem impacto direto no funcionamento do motor, e por isso é importante evitar que o líquido nunca fique abaixo do valor mínimo indicado. O óleo deve ser checado semanalmente e a recomendação de troca é a cada seis meses. Para evitar dificuldades na hora de efetuar o procedimento, é recomendado procurar postos de gasolina credenciados que auxiliarão o cliente e deixarão o carro ainda mais seguro.

2. Bateria

Principalmente antes de viagens longas, é muito importante checar a bateria do carro, pois, apesar de ser um problema de fácil resolução, sem ela é impossível dar a partida no veículo. A vida útil de uma bateria dura, em média, até dois anos, mas é importante que o funcionamento do sistema de partida, da bateria e do alternador sejam avaliados todo ano.

3. Pneus

Além de conferir a calibragem, é necessário estar atento às ranhuras e sulcos para evitar pregos e acidentes. Essencial antes de percursos longos, a calibragem pode preservar os pneus por mais tempo – evitando, assim, a necessidade de troca prematura dos pneus.

4. Freio

Uma das partes mais importantes do veículo, o freio pode ser prejudicado caso o fluído do mecanismo não estiver no nível correto, ou se houver algum vazamento. “Com a tecnologia dos freios ficando mais sofisticada, é necessário investir cada vez mais na manutenção preventiva, para que o objetivo de manter o motorista mais seguro seja realmente alcançado”, explica Paulo Sérgio Pereira, vice-presidente do Sindipostos.

5. Filtro de combustível

Grande vilão para quem quer economizar gasolina, gás ou diesel, o filtro de ar pode influir diretamente no gasto mensal com o veículo se não estiver limpo. Muitas vezes, é necessário que ele seja trocado, e, por isso, é preciso uma revisão periódica para evitar que o combustível vá embora mais rápido.

Além disso, é necessário estar atento a possíveis cheiros estranhos, vazamentos e na firmeza da direção, que pode puxar quando o carro não está com os pneus em dia. “O carro costuma dar sinais de quando algo está errado, então é necessário fazer pequenas manutenções periódicas além das revisões recomendadas por quilometragem”, completa Paulo Sérgio.

Anúncios